Sem categoria

Lindo o desfile da Maria Filó, mas…

Gosto muito da Maria Filó. Me identifico com a marca, tem uma delicadeza linda e com o tempo deixou de ser aquela roupa de menina romântica do interior, limpou um pouco os babados, tirou o excesso de frufrus. Feminina. É uma marca extremamente feminina, tá na identidade da Maria Filó.

Não vou falar de muitos desfiles de Fashion Rio, nem de São Paulo Fashion Week, é cansativo e tem veículos como o Chic que faz uma análise de desfile, de beleza… Vou comentar um ou outro, postar umas fotos dos veículos oficiais, o que me chama atenção. Mais light. Quero falar de outra coisa, já tem tempo…

Quando eu tinha os meus 18/19 anos, comprava  na Maria Filó, o preço era mais amigo. O tempo passou e a marca encareceu. O “divisor de preços” foi a entrada da Maria Filó no Fashion Rio. Isso deve ter uns dois anos e reparei que o aumento de preços. Comentei isso rápido pelo Face do Srta e uma leitora falo que está quase uma Maria Bonita Extra. É tá! E o pior é que as duas marcas tem públicos bem semelhantes, a MF um pouco mais jovem, a MBExtra a mocinha mais adulta.

As vezes penso: será que vale a pena entrar num sistema de desfile? Eu vejo o exemplo da Farm que não entra em semanas de moda e nem por isso deixa de aparecer nas revistas. Mas é uma marca que investe no relacionamento com os clientes, em ações nas lojas, na internet, tem um blog atualizado com assuntos variados, email marketing constante, loja virtual com novidades, instagram… Enfim, eles sabem criar desejo na consumidora, a cada lookbook (uns 6 por coleção em vez de dois como é feito habitualmente) a “farmete” fica louca.

Maria Filó, eu gosto tanto de você. Aposto que tem muita leitora que comprava muito e hoje não compra mais em função dos preços que estão cada vez mais altos, a qualidade a mesma… Tá distante da minha realidade, nem olho mais a vitrine. Não faço questão de Isabelli Fontana, ela é linda, mas não combina com a marca também. Assim como tem outras marcas que eu não vejo razão para desfilarem, só se afastam do consumidor que a levou ao alto… Uma vaidade perigosa. Eu acho.

Filozinha, vamos dar um tempo? Quem sabe um dia, numa promoção destas da vida podemos nos encontrar e tals…

fotos: Chic e Marcio Madeira

 

Twitter Facebook Bloglovin

62 Comments

  1. Marina

    11/01/2012 at 18:43

    Concordo Camila! eu sou uma que comprava muito na Maria Filó e hoje em dia compro raramente, mesmo ainda gostando bastante…

  2. Barbara

    11/01/2012 at 18:57

    Totalmente concordo! Amo a marca, mas ultimamente os preços estaoabsurdos!

  3. Aline Mendes

    11/01/2012 at 19:07

    Camis,

    Eu também comprava muito na Maria Filó! Mas os preços estão abusivos mesmo!

    bjos

  4. Fernanda

    11/01/2012 at 19:16

    Adorei e super concordo!

  5. Fernanda Dias

    11/01/2012 at 19:18

    Camila,

    Não pare de escrever. Tô vendo umas blogueiras tão alienadas, loucas para ir em desfiles, se matando por credencial e não estão nem ai para quem compra, postam fotos dos desfiles e colocam aquele coração ridiculo de Amei e se achando a Gloria Kalil para sentar na primeira fila.
    Fui no desfile da Cavedish ontem e você precisava de ver a cena. Também cruzei hoje com uma colega sua, que de tão nariz em pé quase tropeça.
    bjos

  6. Carina

    11/01/2012 at 19:21

    Camila,

    Onde você estava todo este tempo que eu não conhecia seu blog? Gostei da sua abordagem, também concordo, tem muita marca que deveria ficar de fora das passarelas e ninguém vai sentir saudade.

    beijinhos

  7. camilasrta

    11/01/2012 at 19:25

    Uai Carina, eu tô aqui já tem um tempinho, quase 4 anos… Pois é, tem marca que não mostra nada novo, nada revolucionário, mostra um desfile bem comercial, contrata famoso… E para que? O grande problema é o glamour… como sempre!

  8. joy

    11/01/2012 at 19:44

    Eu concordo e muitoooo! Vejo tb que qdo ela entra em promocao (aq em buzios tem o esquema de leve a 2 peca por 50% de desconto) ainda tem muitaaaa roupas, ou seja? Ta c pecas encalhadas.

  9. Clarissa

    11/01/2012 at 21:42

    Vi em uma das revistas de moda nacionais deste mês que a Farm não desfila no Fashion Rio – apesar de já ter recebido alguns convites (?) – porque não vê sentido em desfilar o que está exposto na vitrine. Além disso, eles citam a relação próxima com o cliente e a atenção extrema na comunicação da marca como um todo. Acho que a Maria Filó perdeu esse feeling e tem pecado exatamente por aí, na falta de comunicação com seus clientes. Uma pena.

  10. Bruna Veras

    11/01/2012 at 22:13

    Os looks estão lindos, adorei !!! Isabel Fontana muito diva rs. beijos.

  11. camilasrta

    11/01/2012 at 22:17

    Joy,

    Eu recebi o email, você tem que levar duas pecas e na mais barata tem o desconto de 50 %. Ainda prefiro um desconto menor para levar uma peça só, que quero de verdade. Tem gente que acha ótimo, eu nao acho e sei de muita gente que nao compra e espera um desconto maior ou compra sem desconto para nao levar uma segunda roupa que nao precisa ou nao curte muito.

  12. camilasrta

    11/01/2012 at 22:21

    Clarissa,

    Isso saiu na revista Estilo e já sai em outras revistas e eu já escutei a Katia falar sobre isso em uma palestra dada aqui em BH. Eu até acredito, nesta palestra ela ainda foi mais fundo. Comentou sob a pressão parar uma coleção para desfile muito tempo antes e o preço de um desfile, sai caro.

    Sempre achei a relação da Maria Filó morna com as clientes, a loja é fofa, assim como as roupas, mas nao tem muitas ações e tudo é muito parado…

  13. Verônica

    11/01/2012 at 22:42

    Oi Camila! Sou muito fã da Maria Filó, leio sempre o blog e sigo os perfis nas mídias sociais, acho até que eles têm um relacionamento bacana na web, mas concordo com cada palavra sua quanto à direção que a marca está tomando! Não vi sentido algum em associarem a cara da Isabeli Fontana nessa coleção! Eu me identifico com a marca, mas você falou muito bem sobre esse processo de afastamento do público-alvo. Excelente análise crítica! Parabéns! =)

  14. Raema

    11/01/2012 at 22:46

    As vendedoras da Farm são porquinhas, mas o relacionamento da marca com as clientes supera tudo. Fora que sempre tem promo, descontinho e tal, eles fidelizam a gente, é fofo demais. A fofura da Filó fica só na vitrine mesmo.

  15. Clarissa

    11/01/2012 at 22:47

    Camila, sobre o preço de desfile, um professor meu que da aulas sobre marketing e gestão de moda me disse que o valor “de entrada” para um SPFW é R$2 milhões. Sem contar a própria produção, casting, profissionais envolvidados, etc, Haja estampa pra pagar… hahaha

  16. Li Nunes

    11/01/2012 at 23:12

    Super concordo!!! Eu era a louca q ia na MF e saia de cheia de coisas… nessa coleção nem tive coragem de entrar na loja, estou esperando a promoção de verdade. Nessa coleção de verão senti um certo desleixo no blog e em newsletter, antes a atualização era constante.
    PS.: Adoro o seu blog!!!

  17. Rose Quadros

    11/01/2012 at 23:40

    Adorei as peças!
    Mas gata, se vc achou caro eu vou é passar MUITO longe de lá!
    Beijos

  18. Bianca Cosmo

    11/01/2012 at 23:54

    Amo de paixão a Maria Filó, mas só consegui entrar na loja para ver a última coleção quando os shoppings daqui de Recife entraram em promoção, tamanho o medo dos preços. Fui, voltei, não tinha ninguém na loja e me arrisquei a entrar. Que promoção ri-dí-cu-la. Acho que a questão não é nem o custo que a marca vem tendo com semanas de moda e modelos, entre outras coisas. O que acho mesmo é que ela quer se igualar a MBE, se estabelecendo como concorrente. No mais, seria muito bom que o pessoal da MF tivesse acesso a esse post e a esses comentários!

  19. Chris

    12/01/2012 at 09:33

    Concordo plenamente com você!
    A Maria Filó encareceu horrores.Gosto da marca mas não ando mais comprando por causa do preço desnecessariamente absurdo.
    Só entro na loja agora qdo ela entra naquela promoção “TUDO com 50% de desconto”.Só assim mesmo…

  20. camilasrta

    12/01/2012 at 11:00

    Chris,

    Acho que nem assim, chega num ponto que eu perco o tesão…

    beijos

  21. camilasrta

    12/01/2012 at 11:13

    Clarissa,

    Sim, tem este custo, mas geralmente o pessoal da Luminosidade faz alguns convites, para não virar bandalheira (uai, mas é… rs), mas tem que pagar sim… O custo é alto, muito alto…

  22. Hoje vou assim OFF » Desfile é legal, mas eu quero é poder comprar.

    12/01/2012 at 12:09

    […] Leiam o post aqui, mas aproveito para destacar um trecho muito bacana abaixo. Faço minhas as palavras dela e acho que muita leitora do HVA OFF vai concordar […]

  23. Gabriela

    12/01/2012 at 12:24

    Nossa, você não poderia ter escrito um texto melhor.. Não tenho mais coragem de entrar na loja. É sempre uma frustração, uma decepção…

  24. camilasrta

    12/01/2012 at 12:30

    Raema,

    Nem me fale nisso! Sabe o que eu não gosto? As mudanças constantes de produção. Algumas lojas deixam as vendedoras usar as roupas com a etiqueta, pois ai cria uma visualização do produto melhor que no cabide. Mas perae né? Tudo tem limite. Ai a consumidora vai lá e compra uma roupa usada? Uma amiga comprou uma blusa e deixou no armario, quando foi usar, estava fedendo a cigarro. Triste né?

    beijo

  25. Marcela

    12/01/2012 at 12:50

    Concordo totalmente!
    Também torço o nariz quando vejo vendedora usando roupa da coleção e sei que não é uniforme que a loja disponibiliza, e sim peça que depois volta pra arara.
    Nunca comprei na MF, pq sempre achei bem carinha. No centro do Rio, na 7 de setembro, tem uma ponta de estoque da Maria Bonita Extra que dá pra garimpar coisas baratérrimas! Já levei regata de seda por R$ 40, e saia por R$ 50! Vale muito mais a pena até mesmo que a promoção da MF.

  26. Viviane Moreira

    12/01/2012 at 13:02

    Putz que texto legal!!! Sabe que isso acontece com tanta marca boa, comentei la na Aninha do off que eu vi nascer as marcas Pura Mania e Hering, onde era cada preço bom e hj ta aquela coisa de louco…. enfim… é o que deve acontecer com muitas marcas, uma tristeza.
    Bjsss
    Vi

  27. larry

    12/01/2012 at 13:21

    Suuuper concordo! Eu sou completamente louca por Maria Filó, mas últimamente tá mais pra amor bandido, saca ? 😉 Eu fico namorando as peças, mas comprar que é bom só nas liquis. Isso pq, além dos preços mais altos a cada ano ( diferente do meu salario :O )nas liquis os preços caem muito. Já aconteceu de comprar um casaco por 200 e pouco ( sim, eu estava pertubada nesse dia) e depois ele caiu pra quase 50 reais!!! Ah, peraí meu povo, o nome disso é sacanagem ou não é??

    Fico com a sensação de estar sendo enganada, pois apesar de gostar da qualidade, não vale tanto, mesmo!!

    bjs

    Larry

    Ventonoarmaio.blogspot.com.br

  28. camilasrta

    12/01/2012 at 13:47

    Marcela,

    Aqui em BH tem um bazar da Extra, ocorre duas vezes por ano. Os descontos são incriveis, 70 % de desconto, fica um valor honesto. Já comprei sapatilha por 70 reais. Durou tanto!

    Sobre a Maria Filó, eu não sei, acho que chega num determinado momento que a marca tem que repensar muita coisa, inclusive que publico que quer nesta fase nova, pois muitas coisas mudam e não é um desfile que faz as pessoas irem as lojas…

  29. camilasrta

    12/01/2012 at 13:59

    Vivi,

    Pois é, eu gosto de várias marcas, mas acho que elas se perdem. O caso da Hering é ótimo! Chamam famosos para fazer as propagandas, as pessoas se inspiram neles, mas o produto tem que aumentar de valor, afinal tem que passar o valor para alguém. O Renato da Amour me falou sobre planejamento, ok, mas e quem comprava aquelas camisetas básicas, que duravam muito? Tá mais dificil de encontrar uma blusa lisa na Hering, eles querem acompanhar marcas, mas precisa? Quem sabe investir num básico melhor, ampliar a gama de itens básicos. Vou falar disso. Perae que daqui a pouco sai um post sobre….

  30. Denise

    12/01/2012 at 14:10

    Para mim, marca que vive do nome do passado é a Cantão. Não apresenta nada bonito há uns três anos, no site só tem coisa feia e está cada vez mais cara.
    Só entro lá para comprar uma calça por ano. Nada mais me agrada ( e acho que para muita gente: no Rio, as lojas andam sempre vazias).
    bjs.

  31. Kelli

    12/01/2012 at 14:26

    Parabéns por mostrar sua opinião!
    Vejo blogs que as blogueiras não se preocupam com nada disso, só se interessando com a minoria das meninas que compram essas marcas. O que acaba virando uma mera reprodução de roupas caras.
    Não conhecia o blog, conheci através do hojevouassimoff, mas já gostei.

  32. camilasrta

    12/01/2012 at 14:34

    Larry,

    Eu falo que tô de paquera com a roupa, sempre assim… Tô paquerando um sapato, uma calça… ai vai…

    Pois é, mas no caso da Maria Filó, sei lá, acho que até perdi a vontade de paquerar. Na verdade em lojas que eu nao posso comprar durante o periodo normal eu evito de entrar para nao atrapalhar a vida da vendedora, elas tem aquele sistema de rodizio, as vezes entro quando vejo a loja cheia, ou seja, quase nunca,…

  33. Nathalia Milhazes

    12/01/2012 at 15:15

    VOCÊ LEU MEUS PENSAMENTOS!!!! Adoro a Filó, mas francamente, pagar 298,00 numa regata é demais! Outro dia liguei lá e quase cai da cadeira com os preços! É, a Filó foi acessivel e hoje, fica para a promoção e olhe lá! Eu ´parei de comprar la! So entro na promoção mesmo!

  34. Michelle Duarte

    12/01/2012 at 15:41

    Nossa Camila,

    Escorreu uma lágrima de emoção quando li esse post. Rs!

    Eu AMO a Maria Filó (se passar no meu blog vai notar que a Filó é minha companheira quase que diária), mas realmente acho que a marca ficou muito cara. Coisa semelhante aconteceu com uma outra grife aqui do Rio, a Leeloo (que também amo de paixão), que chegou a participar do Fashion Business uns 2-3 anos atrás e começou a vender vestidos de algodão por R$ 598! Hoje a marca fechou muitas lojas e deve estar em situação difícil.

    Acho que com a Filó, isso não aconteceria na mesma proporção dado o tamanho da grife. E por um outro motivo. É incrível como a Maria Filó vende aqui no Rio! Você vai na loja um dia namorar uma peça, chega lá uns dias depois e não tem mais a danada pra vender! Como pode?!

    Num momento em que C&A está fazendo parceria com gente bacana, a H&M pensa em entrar no Brasil e o dólar está desvalorizado, tornando as compras lá fora tão baratas, acho que a Filó decidiu mesmo ir por outro caminho. Essa coleção mostra isso. Sem as firulas da adolescência de outrora a Filó agora quer atingir o coração e o bolso de mulheres e não moças.

    Que pena!
    Como diria aquele menininho do video da formiguinha: que dó, que dó, que dó!

  35. Luciana

    12/01/2012 at 16:20

    Olha… eu amo a Maria Filó, e não tenho do que reclamar das vendedoras e da atenção da loja aqui no Rio. Os preços realmente aumentaram muito, e eu acho sacanagem o descontinho de aniversário ser só pra alguns clientes e só uma vez no mês. Eu ainda brinquei com a vendedora que me atende por conta da participação no fashion business… olha, eu não tenho dinheiro pra pagar cachê de Isabeli fontana não, hein? e sinceramente, não acho que ela tenha a cara da marca. Quanto à qualidade… eu nunca tive problema, felizmente. Eu acho bem maior que a da Farm, por exemplo. O acabamento da farm, p.ex, é muito pobre, embora as estampas sejam bem lindas!

  36. Natalia

    12/01/2012 at 17:02

    Adorei o texto, a reflexão é super necessaria e pertinente! Acho que fica um pouco complicado pagar um preço exorbitante em uma peça de roupa porque é tendência, sendo que em alguns casos pode-se que a pessoa não um padrão econômico que sustente esse tipo de modo de vida e se aperta pra vestir o que ta na moda… A moda tem que ter conteudo, e não aprisionar, e sua reflexão mostra bem isso!

  37. renata martins

    12/01/2012 at 17:53

    Nossa, passei na frente da Maria Filó hoje com umas amigas e falei exatamente isso. Mas dei a dica pra elas, a mesma que vou dar aqui. Se vc mora no RJ, vá até a loja do shopping Nova America. Lá tem uma metade da loja com tudo off, peças de coleções passadas, com descontos de verdade (papo de ter vestido de 300 e tal por menos de 90, shorts por 50 reais, camiseta por 39). Eu só entro nessa Maria Filó, quase todas as roupas que tenho dessa marca são de lá. Vale bem a pena.

  38. Fernanda

    12/01/2012 at 18:07

    Leu meus pensamentos! Muito bom o post! Acho que moda no Brasil é algo apenas para as elites. Cada vez mais vejo as grifes fugindo da classe média, como se nao fôssemos dignas de comprar lá, sabe?

  39. Carolina de Castro

    12/01/2012 at 18:37

    Parabens Camila!
    Eu super comprava direto na Maria Filo, mas agora tb nem olho mais a vitrine!
    Preços caros, muito complicado! Aos poucos fui parando e nem entro mais na loja!
    Uma pena, mas pagar 400 reais num vestidinho de malha não rola mesmo! Hj cada vez mais o que me interessa é claro boas peças mas tb a sensação da busca por elas!
    Entro em mais lojas, lojas de departamento, lojas de bairro, acho que isso é um exercicio para sair da mesmice das marcas famosas.
    Tenho preguiça de quem se veste de cima abaixo com roupas de marcas famosas.
    Assim fica fácil ter muito estilo!
    Rsrsrsrsrs
    Beijo grande

  40. camilasrta

    12/01/2012 at 20:34

    ahahaha adorei Michelle, mas num chora não, não é pra tanto!

    Aqui em BH eu tenho uma sensação meio louca: toda vez que vou, tem sempre as mesmas peças e as vendedoras não dão muita atenção, parece que tá vendendo horrores. Não vou com tanta freqüência, até falei em algum comentário que não quero sacanear com a vendedora e faze-la rodar se não vou levar nada, mas as peças que gosto estão lá.

    Lembra que a Maria Bonita Extra fez uma parceria com a C&A? Pois é, mas precisa chegar neste ponto? Acho que não!

  41. Luiza Monteiro

    12/01/2012 at 20:36

    camila!! Concordo plenamente com seu post!! Adoro as roupas da marca, mas acho os preços absurdamente caros!! E, alem disso, nunca fui bem atendida na loja do Pátio!! Sempre que entrava na loja, as vendedoras fingiam que não viam e continuavam conversando tranquilamente… Desanimei demais!! ah, e aproveitando, queria te parabenizar pelo excelente conteúdo do blog!! Muito bom!!!

  42. camilasrta

    12/01/2012 at 21:05

    Luiza,

    Obrigada! 😀

  43. camilasrta

    12/01/2012 at 21:09

    Carol,

    Isso aqui super me chamou a atenção: “Entro em mais lojas, lojas de departamento, lojas de bairro, acho que isso é um exercicio para sair da mesmice das marcas famosas.”

    Tô muito nisso, e me lembrou uma fala do pessoal de pesquisa de estilo wgsn, muitas lojas de grifes intermediarias estão fora dos grandes centros, dos bairros badalados em Nova Iorque. Você tem que se deslocar para bairros que tem uma agitação cultural maior, e nao espere grandes vitrines, neon e placa com pisca na porta. Tudo é mais simples, mais aconchegante.

    Melhor assim!

    beijos

  44. Cleusa

    12/01/2012 at 23:36

    Também achei essa crítica excelente, Camila.

    Achei a coleção maravilhosa, mas sei que não vou poder comprar nenhuma dessas peças. E, sinceramente, nem eu promoção acho que vai valer a pena…

  45. Mirian Soares

    13/01/2012 at 13:20

    Camila, querida, os seus textos são refrescos para os meus olhos. Nossa, ontem eu estava questionando isso quando vi o post da Ana e depois o seu. Isso daqui precisa ser encaminhado para o pessoal da MF. Tô bem triste com o rumo q a marca tem tomado, super me identifico com ela, mas infelizmente não cabe mais no meu bolso.
    Bjos

  46. Natasha

    13/01/2012 at 13:49

    Adorei ler teu post, Camila! Super concordo!
    E deve ser por isso que as lojas aqui de Porto Alegre fecharam…
    No início eu adorava comprar lá, mas aí os preços foram aumentando, aumentando, até que não deu mais, né.

    Beijo!

  47. Patricia Lima

    13/01/2012 at 14:03

    Linda Camila,

    Finalmente encontrei alguém de verdade!!!!Deus seja Louvado!!!!
    Parabéns pelo texto, pelo desprendimento com tudo e todos do mundinho f-a-s-h-i-o-n. Aplausos, Bravissimo \o/ !!!!!!
    Por favor continue assim, elegantérrima.

    Palavras de alguém que decidiu virar costureira para ter a roupa dos sonhos.

    Patricia Lima.

  48. camilasrta

    13/01/2012 at 14:26

    Patricia,

    Adorei isso: “Palavras de alguém que decidiu virar costureira para ter a roupa dos sonhos.”

    beijos

  49. Bruna Cunha

    14/01/2012 at 10:13

    Post muito acertado! Aqui em Goiânia eu tenho MEDO, sim, MEDO de entrar na Maria Filó, que tanto adoro e me identifico com a proposta. Não consigo conceber que uma regata, por causa de uma aplicação de renda, um botãozinho mais descolado aqui e acolá, chegue a custar quase 200 reais. O pior é que sinto que os preços de marcas com pegadas semelhantes, como Farm, Leeloo, Oh Boy, Zerozen estão bem parecidos…Triste…

  50. Bia

    14/01/2012 at 23:35

    Concordo plenamente. Nos últimos 10 anos vi isso acontecer com colcci e tritongo, marcas que eu e minhas amigas comprávamos na adolescência. A gente vê parcerias com fast fashion pelo mundo feitas com Versace, Karl Lagerfeld… Gosto bastante da Maria Bonita Extra, mas vamos com calma, né? São patamares completamente diferentes, sem qualquer demérito. Lembro de ter visto uma reportagem com uma modelo gringa (queria muito lembrar qual, mas não consigo) em que ela dizia que tinha achado sapato no Brasil muito caro. E é mesmo. Existem muitas marcas que simplesmente não são pro nosso bico… Enfim, acho que essa será uma lição que as marcas brasileiras aprenderão com o tempo, pois com a possibilidade de compras pela internet e a facilidade para viagens internacionais, a fidelidade de muitas clientes será perdida. Algo parecido com o que aconteceu com a indústria de cosméticos. Até a natura começou a lançar novas linhas e baixar o preço… O Boticário, antes da entrada do Torquatto, tava cobrando quase o preço de maquiagem importada (lembrando que o imposto de importação sobre esse tipo de produto tem uma das alíquotas mais altas de todas), agora, está vendo essa linha “Intense” vender como água. Sinceramente, espero que a postura dessas lojas mudem, se não, tenho certeza que outras marcas surgirão para atender esse público.

  51. camilasrta

    16/01/2012 at 12:10

    Bia,

    Pois é, o caso da Boticario me assusta um pouco. Por mais que tenha Torquatto, não justifica. Você falou do imposto, como não comentar sobre ele, já que o governo mantem os impostos altos para importados justamente para ajudar a industria nacional. Mas se ela não se ajudar, não tem jeito.

  52. camilasrta

    16/01/2012 at 12:13

    Bruna,

    É geral o aumento de preços, mas tem umas marcas que fogem a realidade total, nem na promoção é possivel!

    beijos

  53. CrisK

    20/01/2012 at 18:42

    Que sacada esse post sobre a Maria Filó!Eu sou fã das roupas dessa marca mas como uma integrante da classe média brasileira está impossível adquirir qualquer peça de roupa lá fora do período de liquidação.Concordo que desfiles em semana de moda não agregará mais valor a marca.Pessoal da Filó: repensem o rumo que a marca está tomando…escute a voz das clientes!Ah!Isabeli Fontana realmente nâo combina com vcs…fica a dica.

  54. Fernanda Diniz

    20/01/2012 at 22:44

    Quer ouvir uma coisa engraçada? Uma loja que eu não dava nada por ela e que hoje eu corro para ver as coleções novas e parcerias, é a ca. Juro. Uma loja que eu sempre torci o nariz por achar popular de mais e hoje sou fã. Vai entender.

  55. Fernanda Diniz

    20/01/2012 at 22:46

    Eu escrevi o texto acima mas não terminei o meu pensamento. Acho que tem haver com o sobe e desci das marcas.

  56. Asrai

    21/01/2012 at 12:54

    Pois é,Camila,o seu desabafo é a nossa voz…desisti de comprar uma saia midi na Maria Filó por conta do preço.Que raio de loja é essa que espanta a consumidora?! É por isso que muitas meninas juntam grana e vão comprar no exterior!Do jeito que as lojas/marcas brasileiras estão praticando preços tão abusivos,vão acabar fazendo parceria com a C&A…

  57. camilasrta

    23/01/2012 at 09:10

    Asrai,

    Não demora muito este estágio de parceria… Se continuar assim…

  58. Homepage

    28/01/2012 at 22:09

    … [Trackback]…

    […] Read More: srtasenhorita.com/blog/2012/01/lindo-o-desfile-da-maria-filo-mas/ […]…

  59. Asrai

    07/02/2012 at 15:20

    Não disse? Olha aí a parceria da C&A com a Maria Filó!

  60. camisetas engraçadas

    26/06/2012 at 11:45

    Compre sua camiseta engraçada, divertida e personalizada apenas R$ 29,90 parcelado em 18x pelo uol pagseguro, entregamos em todo Brasil.

  61. Ana Carla

    30/08/2012 at 10:06

    Adorei queria ver ela desfilando com uma camiseta engraçada

  62. Natália Reis

    06/06/2013 at 11:36

    Aprenda a fazer a sua própria maquiagem em casa de forma profissional com o curso de automaquiagem acesse nosso site http://www.comofazermaquiagem.net.br

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.