#gastrô, Belorizontices

#belorizontices: Slow Burger

O blog foi convidado pelo estabelecimento.

Aqui em BH é assim: vem uma modinha e vários lugares com um produto ou estilo brotam por ai. Abrir um negócio não é fácil e nem barato, muitas pessoas optam por franquias por já apresentarem um modelo pronto e teoricamente consolidado no mercado. Uns anos atrás, o Bacon Paradise abriu, virou franquia e logo se multiplicou com seu cardápio recheado de bacon em todos os itens. Sendo bem sincera, eu adoro bacon mas não todo bacon. Tem que ter mais carne que gordura e ser crocante na medida certa. Quando fui não achei o Bacon tão sensacional como diziam. Mas tudo bem…

A unidade do Bacon da avenida do Contorno virou Slow Burguer. Outras franquias seguiram o mesmo caminho, mas achei legal que Gustavo manteve a história do sanduíche. Agora com menos bacon e com mais liberdade de criação tanto no fazer como na escolha de ingredientes e fornecedores pequenos e locais.

Sanduba não é a minha comida preferida, ai sempre vou nas mesmas opções, bom que Leo foi comigo e fomos de uma opção que usualmente eu não escolheria. Fomos de Hot Shot. O grande diferencial é a pimenta jalapeño que combinou muito com o pão australiano (acho interessante a mistura de um doce com o ardor da pimenta). A carne estava gostosa, temperada na medida e no ponto certo, não estava berrando e nem seca demais, algo que é bem comum nos hambúrgueres mais artesanais.

É um sanduíche grande e sinto uma certa dificuldade de comer, de pegar. algumas partes caem e perde a graça de comer um sanduíche. Não é que nem um prato que podemos comer por partes, a ideia é a integração. Por isso comer com talheres não faz muito sentido (pelo menos para mim), acaba que a gente separa porque o garfo também não dá conta daquele tamanhão todo.

O sanduíche é grande e ainda vem com batata, dividimos pois dois seria demais. Porém comemos um outro menor para experimentar o pão (e porque havia fome ainda rs), talvez se tivesse mais batata ficaríamos no primeiro. Falando da batata, ela é pré cozida e frita, gosto de batata assim. No primeiro sanduba a batata não veio bem crocante, no segundo já melhorou bem. O sandubinha menor é o Prodígio SB, que vem com pão pretzel. Pensa num cheeseburguer de alto nível com onion rings e molho bem caprichado? Bom, esta seria minha escolha de sempre, sem invenção de moda, tamanho menor e 100% de aproveitamento. Tem muito lugar que quer apresentar a novidade, ser gourmezão mas esquece de fazer bem o básico. Até mesmo para comparar lugares eu vou em pratos mais tradicionais/comuns pois é mais fácil de ter referência. Ai depois eu vou para pratos que são mais autorais.

Sanduiche doce? Confesso que estranhei a ideia. O “Brigadeiro de nutella” tem pão pretzel de cacau com nutella, brigadeiro de nutella, chantilly fresco, morango e calda de chocolate ao leite. Gostei bastante, é leve e o morango com chantilly deixam o sabor mais suave, se fosse só chocolate poderia pesar. O tamanho é menor, mas dá para dividir se vocês comeram sandubões.

Voltaria no SB, depois dele comi sanduíche artesanal em outro lugar (resenha em breve), muito pela qualidade do pão e carne, mais frescos e suculentos. Ponto positivo para a legenda no cardápio: com esta onda gourmetizadora, muitos termos pipocam nos menus e ninguém é obrigado a saber, muitas vezes os garçons desconhecem também e vamos na sorte. O cardápio do SB tem uma página ao final com vários termos utilizados na descrição dos sanduíches, outros estabelecimentos podem copiar #copiapositiva #copiadobem. Também tem sugestão de harmonização com cervejas e drinks, não que tenha que pedir desta forma, mas o fato de vir no cardápio evita o constrangimento de garçom te empurrar algo que você não quer e/ou gosta.

A única observação que deixo é que o prato (louça) é muito grande para as porções oferecidas. As batatas vieram muito soltas no prato e compromete o visual, parece que vem pouca batata, vem pouco para dividir. Talvez uma adaptação com potes, cones de papel ou mini baldinhos de metal seriam uma boa para deixar mais concentrado. Sobre dividir, uma sugestão geral para as hamburguerias: disponibilizem um turbinamento de batatas (opcional) ou diminuam os sandubas para cada um pedir o seu. A ideia é comer e não morrer de comer né? E comer a sobremesa, poxa, não comer sobremesa pq tô mto cheia me deixa bem triste, em hamburgueria sempre acontece isso kkk.

Categoria: hamburgueria, hamburguer artesanal, amigos, casais

Ponto Forte: Sanduíche Prodígio SB

Ponto Fraco: Apresentação poderia ser melhor, mas não compromete o sabor. <3

Gasto Médio: R$50,00 sem bebida alcoolica

Onde fica:

Av do Contorno, 5.713 – Savassi

(31) 3646-9555

Confirme os dias e horarios deles pelo facebook.

Faz entregas e abre para almoço com opções de pratos executivos.

Comments

comments

2 Comments

  1. Mulher atualNo Gravatar

    17/02/2017 at 14:19

    :O assumo que deu água na boca só de olhar pra foto. hahaha

  2. LidiaNo Gravatar

    20/02/2017 at 20:29

    Meu Deus, não posso ver essas coisas. Que delícia, acho que valei o preço. Terei de dar um jeito e ir visitar. Bjus Camila.

Leave a Reply