#gastrô, Belorizontices

#belorizontices: Est! Est!! Est!!!

O blog foi a convite do estabelecimento.

Fomos ao Est! Est!! Est!!! a convite da casa. Moro bem perto e passo na porta com frequência, está sempre com fila na porta. E já recebi várias indicações de pessoas bastante confiáveis sobre o estabelecimento. Sinal que a casa é boa, tinha vontade de ir, mas eu confesso que não tenho hábito de fazer reservas e não me agrada ficar em fila de espera na porta do restaurante. Pelo menos a parte da reserva eu quero mudar, é mais seguro. E vale a pena reservar uma mesa no Est! Est!! Est!!! para deliciar com comida italiana “de raiz”.

O cardápio tem divisões um pouco diferentes e trazem os hábitos italianos. A carne vem separada do que seria o nosso acompanhamento. Os restaurantes italianos costumam se adaptar aos hábitos brasileiros e juntam o risoto com filé, uma massa ao frango. No Est tem que pedir separado, o primeiro prato (massa ou risoto) e o segundo prato (carne). O pessoal explica tudo, com a maior paciência do mundo.

Fomos na terça e havia uma promoção legal para o happy hour: a pessoa pede uma bebida alcoólica e ganha o petiscos para acompanhar os bons drinks. Geralmente são criações do chef  Simone Biondi. Vieram todos e eu adorei as brusquetas, tenho a maior queda por elas e ainda bem que Leo também é fã! O creme de abobora com gorgonzola surpreendeu também, fiquei ali imaginando um nhoque de abobora com molho de gorgonzola.

Para beber, Leo pediu uma taça de vinho do dia e eu optei pela sugestão do garçom, uma caipirinha feita com limão siciliano e grappa. Grappa ou graspa é uma bebida destilada tipo a nossa cachaça, porém é feita com a casca da uva.É um drink delicioso, bom para quem quer variar a tradicional caipirinha e tem a cara do verão, mas cabe cuidado, a grappa tem de 37 a 60% de alcool, é uma bebida forte e muitas vezes quando tem doce no meio atrapalha a nossa percepção sobre o alcool.

Todo dia tem as sugestões de pratos “sugestões do chef”, o garçom informa e explica bem. Meiamos um garganelli (tipo um penne feito a mão) com molho de linguiça, tomates, creme de leite e parmesão.  A massa veio al dente, como é servida na Itália, fica um pouco mais durinha, nada daquela massa papada. O molho bem equilibrado, não tinha um pingo de acidez e apesar da linguiça e creme de leite, não estava uma comida pesada. E é farto, dividimos o prato e eu fiquei bem satisfeita. Acredito em uma outra oportunidade, podemos pedir primeiro prato (massa ou risoto) e o segundo (carne), seguindo os modos italianos. Para quem come muito, ai vale cada um pedir seu “primeiro e segundo” para sair muito bem servido.

Já a sobremesa fomos no clássico Tiramisù. Foi a melhor pedida e foi um dos melhores que já comi por conta do creme, muito suave e aerado, não estava aquele creme pesado como é bem comum por ai. Minha gula comeria um sozinha, mas dividi com Leo. Olhando o site posteriormente vi que eles disponibilizam o cardápio completo, o que muito restaurante não faz. Lá serve almoço e na quarta tem uma promoção legal para mulheres: uma garrafa de espumante para mesas com quatro mulheres ou mais. Boa opção para happy hour com as amigas!

Categoria: comida italiana, amigos, família (não tem espaço kids)

Ponto Forte: massa de acordo com os costumes italianos

Ponto Fraco: precisa de reserva, não dá para ir de surpresa.

Gasto Médio: R$100 por pessoa

Onde fica: Av. Getúlio Vargas, 107 – Funcionários, Belo Horizonte – MG, 30112-020

Telefone: (31) 2526-5852

Comments

comments

Leave a Reply