#gastrô, Belorizontices

#belorizontices: Taberna Portuguesa

Mamãe (aka @mirtezinha) e uma amiga começaram com um hábito que eu invejo: sair para almoçar e colocar o papo em dia praticamente todo mês. Nem sempre eu consigo ver meus amigos com frequência e oh que eles não são muitos, melhor qualidade que quantidade. No ultimo almoço eu fui com elas. Sugeri o Taberna Portuguesa e elas gostaram da ideia, eles servem pratos portugueses no esquema do menu executivo. Eu particularmente acho isso interessante, paga-se um preço mais ok para ter uma experiência com entrada, prato principal e sobremesa. Mas tem que ser algo ligado a casa…

Couvert

Chegamos na Taberna trazendo chuva. Estava vazio e escolhemos uma mesa. As mesas são de pallet e as cadeiras não fazem conjuntos, eram praticamente todas diferentes umas das outras. Como o ambiente quase não tem decoração, ficou como a decoração em si. Escolhi um vinho, a carta deles tem valores ok. Terça tem isenção de rolha e quarta tem open wine. Apesar da simplicidade do ambiente, gostei da apresentação dos pratos, das louças e do atendimento.

Entrada | Salada

Gentilmente nos serviram um couvert com pão (era tipo uma ciabatta) e azeitonas que tinham um temperinho esperto de azeite, limão e um tico de alho. Tipo de coisa que dá para fazer em casa fácil, para si ou para receber. A azeitona era macia, deliciosa, possivelmente estava no azeite. Logo depois trouxeram a entrada, uma saladinha com cara de comida de casa, alface e tomatinho cereja.

Bacalhau Gomes de Sá

Para o prato principal, fomos de Bacalhau Gomes de Sá. No menu executivo há opção com e sem bacalhau, o que permite a quem não gosta te acompanhar sem fazer cara feia ou pedir para trocar de estabelecimento. Fora que como são pratos individuais, ninguém fica preso ao pedido do coleguinha. E oh, pratos bem fartos, a foto não traduz como vem comida nesta tigelinha fofa. Vem arroz também, mas nós dispensamos. O bacalhau estava macio, a batata cozida e frita, azeitonas e o ovo cozido, ah eu adoro ovo cozido com bacalhau… E muito azeite. Acaba que o prato fica pesado, pede uma soneca posteriormente.

Pastel de nata

Para finalizar, o pastel de nata. Delicioso, fresquinho, não tinha fundo de gema e veio com aquela canela para tentar ativar o metabolismo que ficará preguiçoso em 5 minutos de tanta comida. As meninas tomaram um cálice de vinho do Porto, eu pulei. Acredito que orna maravilhosamente bem, confio no gosto destas duas mocinhas que cozinham muito bem e sabem das coisas.

O único porém foi que os pratos não estavam balanceados nos ingredientes. Patricia recebeu mais batata e menos bacalhau. Isso nós observamos através da comparação do meu prato e da Mirtezinha. Talvez passasse batido se fosse um prato só. Mas enfim, algo que dá para corrigir com um pouco de atenção. O que não pode é reduzir o bacalhau ok? No mais, pura felicidade por 45 reais bem gastos neste “combo da alegria” <3

Taberna Portuguesa

Av. Bernardo Monteiro, 1414 – Funcionários

Telefone (31) 3658-8813

https://www.instagram.com/tabernaportuguesabh_/

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.