Favs do Minas Trend (e um desabafo)

Bom, depois de uma semana eu consegui fechar este post sobre o Minas Trend e foi meio que proposital. Sempre tive acesso ao Minas Trend, passamos por vários momentos. Eu me divertia por mais louco, corrido e desgastante fosse a edição. A edição de inverno 2015 me pegou num momento delicado: prova e aulas novas. Ou seja? Dedicação quase zero.

Reservei um dia para ir ao salão de negócios ver as marcas amigas e conferir as demais. Fato é que eu me decepcionei tanto com esta edição do Minas Trend, muita modinha, peças com tecidos horríveis, acabamento vergonhoso. Fora as cópias descaradas, principalmente no setor de calçados e bolsas. Por favor minha gente, disfarcem a falta de criatividade mudando uma e outra coisa…

No mais, sem muitas novidades e os meus desejos continuam os mesmos: mais saias e vestidos rodados para sair e impressionar com peças de pegada esportiva super práticas para o dia a dia que é tão corrido que merece boas roupas que cumpram seu papel nos dias de maior preguiça.

Saia midi continua, mas já demonstra sinais de cansaço, se você curte, garanta antes que suma. É isso que faço quando aparece uma roupa que gosto com uma modelagem que favorece: eu estoco. Compro vários até a próxima volta completa que a moda dará. Viver de saudade e remorso é que não é legal. <3

01 02 03 04 05

It bags da Legaspi

Nas voltas que dei no salão de negócios, poucas coisas me atraíram a atenção a ponto passar umas cinco vezes no corredor simplesmente para ver a minha próxima bolsa no stand da Legaspi. É esta primeira, em tons de vermelho, rosa, vinho e dourado.

Eu tô numa fase bolsas menores e charmosas, estas que vem para o verão ainda são bonitas e diferentes, me lembraram as criações da Paula Cademartori, uma designer italo-brasileira que virou sensação entre as “it-guels”. É o tipo de bolsa que você leva para a vida, já que ela anima o visual com vigor e se cansar, basta guardar e esperar a modinha passar.

Do jeito que estou, quero muitas e menos dor nas costas (aposentadoria para as shopping bags coitadas!).

legaspi bags PAULA CADEMARTORI camila gomes sim senhorita

Preferidões do desfile de inverno da Miu Miu

Miu Miu e Prada rolam polêmicas bravas, sempre rola esquisitice e mimimi. Mas ai a gente vê duzentas vezes e até acha legal depois as adaptações que o mercadão da moda faz. Só que desta vez eu acho que rolou uma pressão para rolar uma coleção para vida comercial e eu cai de amores pelas fotos que vi dos narradores de desfile.

Logo que vi as imagens eu queria um tanto de coisa para o dia a dia mesmo, muitos desfiles mostraram uma pegadona esportiva sem ficar com cara que saiu da ginastica. A cartela de cores é meiga, nada daquelas cores duronas (tipo preto, cinza, azul marinho ou cores super vibrantes). O matelassê que até lembra de edredom e parkas que parecem de criança e tricots com linha grossa esquentam a história.

Beleza, mas até agora tá tudo muito esportivo. Ai você junta isso com saias curtinhas, sandálias e sapatos delicadíssimos e bolsas menores para carregar no ombro super femininas, estilo baguete. Eu usaria” facinho” este destile só trocaria os saltos dos sapatos que são feios (parafusos, coisa feita pela Miuccia pra gente chocar, mas o sapateiro é meu amigo e faz este serviço).

miu-miu-paris-fashion-week-winter

1 2 3 10